Para quem chegou até este blog por acaso ou engano:
Aqui se escreve sobre a política e o modo de viver de uma cidade chamada Bagé, localizada no Sul do Rio Grande do Sul, um Estado da República do Brasil, no continente Americano do Sul. Aqui também se ironiza e se cultiva o bom humor, mas principalmente, lembra-se às autoridades que não se legisla ou governa de qualquer jeito, sem responsabilidade ou sem o olhar envolvente de quem está atento às coisas do mundo.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Preocupados com Mainardi
Alguns membros históricos do PT de Bagé estão preocupados com a atitude de Luiz Fernando Mainardi, o secretário estadual e deputado eleito. Em primeiro lugar, dizem que ele está filiando ao partido qualquer "tranqueira"; em segundo lugar, suas críticas ao prefeito Dudu é típica de quem quer só desestabilizar o governo. 
"Quem Mainardi vai apoiar na próxima eleição municipal? Quem disputar com Dudu, seja quem for?", questiona um petista dos tempos das casas velhas, em que o PT era de esquerda e socialista. 
Notícia da Tribuna da Imprensa
Na questão do mínimo, Sarney promete o máximo
Helio Fernandes
Garantiu ao Palácio do Planalto: “Não existe a menor possibilidade do salário de 545 reais, ser alterado no Senado”. Não há dúvida que as chances de ganhar, proporcionalmente com mais facilidade, são enormes.
Com isso, Sarney estará certo de r-e-c-o-m-p-e-n-s-a maior, na distribuição do segundo escalão. Fora do setor de energia, aí já ganhou tudo. Essa absorção enorme é garantida para o senador, não deixa de representar abuso de Poder. Se violência física, mas irreversível retrocesso e enriquecimento ilícito.


Desde blog:
A notícia que circula é que a presidente Dilma Rousseff além de liberar as emendas parlamentares para o PMDB, que fez firula ao dizer que cortara, já está distribuindo cargos à reviria. Só no RS o partido de Simon terá diretoria da CGTEE, Trensurb e o Grupo Hospitalar Conceição
A imagem do final de semana
Na fotografia abaixo, no centro, está Ivan Lima (leia neste blog, descendo a página) que aceitou bandear-se para o PT desde que Tarso Genro soubesse disso. 
Dizem que o articulador de tudo, quem fez a aproximação com o partido foi Dery Siqueira, o primeiro da esquerda para a direita. Déry é coordenador do Moto Encontro de Bagé. No fundo, todos sabem que foi Mainardi quem "puxou" o médico, ex-vereador e ex-presidente da Câmara para seu partido e corrente. 
Porém, ninguém deu esse ponto sem nó. Ivan Lima deve dar uma abastecida no PT Amplo (PT Amplo é a corrente que está se organizando para ganhar do Dudu) e, antes que outono chegue, deve estar... (deixa-me pensar... Ãhn...) Em uma direção do IPE? O Instituto de Previdência do Estado. Ou quem sabe.... vamos ver o que tem por aí... Já sei. Vai ser convidado para coordenar algum Programa de Saúde? Pode ser. Pode ser... ou será que Ivan Lima passou a gostar do PT? Não. Por isto não, porque ele estava no PDT e o PDT gosta do PT. Por esta lógica não precisava sair. Não sei... vou pensar mais um pouco...
Dery Siqueira, Gilson Machado, Ivan Lima, Tarso Genro e Mainardi
Notícia de um boletim
informativo da Prefeitura
Observe:
Sexta- feira (11/02) a gestão do programa Bolsa Família de Bagé realizou a cerimônia de  formatura  de  16  beneficiados  em um curso de Instalação Hidráulica. A capacitação  foi  realizada  através  de uma parceria da Prefeitura Municipal, por meio  da Secretaria  de Habitação (SMH) e do Programa Cidadão Bageense (PROCIBA), com o SENAI e a Amanco (?). Como lembrou Cláudia Corral,  coordenadora  da  gestão  do 
Bolsa-Família, a parceria foi fundamental  para a viabilização da  iniciativa. “Oferecemos 20 vagas para homens beneficiados pelo programa e 16  estão  se  formando  hoje.  Com  esta  parceria  com  o Senai, obtivemos um desconto de 50% no custeio”, informou ao adiantar que “agora, queremos dar continuidade a 
este  trabalho  e  possibilitar  novas capacitações  voltadas  para  a  área  da construção  civil”.  Além  da parte prática, a formação contou com palestras sobre temas como primeiros socorros, direitos trabalhistas e empreendedorismo. O  secretário  de  Habitação, Guto Nadal, explicou que, em Bagé, assim como em todo o país, a área da construção civil está em crescimento. “Este  setor  no  município  está  muito propício. É bom ver uma turma como esta se formando. Isso porque temos a certeza  que todos  serão inseridos  no mercado de trabalho”, comemorou. 
Por  sua  vez,  o  prefeito  de Bagé,  Dudu  Colombo,  reiterou  que uma  das  metas  da  atual  gestão  é garantir  que  a  população  tenha  a capacitação  necessária  para  buscar vagas no mercado de trabalho. (...)
O texto acima é da assessoria do prefeito. 
Nota deste blog:
Onde está a Secretaria do Trabalho e Assistência Social? O benefício é curso para entrar no mercado de trabalho e tem gestão social, então, cadê Omar Ghani, o secretário? O Bolsa Família não passou a ser competência da Assistência Social?

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Exigências atendidas
E o Luiz Fernando Mainardi fez o que o ex-vereador do PDT Ivan Lima exigiu. Levou Ivan até Porto Alegre e de lá ao Palácio Piratini para que Tarso Genro soubesse que tem um novo membro no PT, é médico, já foi vereador e presidente da Câmara de Bagé. 
Aí, o governador abonou a ficha partidária de Ivan Lima.
Que espetáculo! Que maravilha! "Tu me usas e eu te uso! E assim a gente vai levando!"


Hamm no Esporte, 
Turismo e Agricultura
O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) foi indicado nesta semana para atuar em duas comissões na Câmara dos Deputados. Hamm integrará a Comissão de Turismo e Desporto, a qual já foi presidente em 2009 e da Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, que também já foi vice-presidente em 2008.
Servidores municipais: 
direitos de uns são cumpridos e de outros não
Desde o ano passado a vereadora Téia Pereira, do PT, vem tratando com a Prefeitura sobre o restabelecimento de um direito dos servidores públicos municipais: o reajuste de 15% nos vencimentos do funcionário aos 15 anos de carreira e de 25% aos 25 anos. 
Na sessão da Câmara de Vereadores de quinta-feira, 17, a parlamentar voltou a abordar o tema, e nesta sexta-feira informou que irá solicitar da Administração Municipal dados que exponham o número de servidores beneficiados e qual o impacto financeiro na folha de pagamento da Prefeitura caso a medida seja restabelecida.
Segundo Téia, estima-se que existam cerca de 300 servidores aptos a receber este benefício atualmente. “Este é um benefício que valoriza e estimula o servidor público, e que não tem um reflexo negativo nas contas do município”, disse. A vereadora informou, ainda, que já conversou  com o prefeito em exercício, Carlos Alberto Fico, que prometeu estudar e dar encaminhamento à solicitação juntamente com o prefeito Dudu Colombo.
Atualmente recebem este benefício os servidores da Câmara de Vereadores de Bagé, Departamento de Água e Esgotos de Bagé (Daeb) e o magistério municipal.

A música de Sonia Leite
A música preferida da vereadora Sonia Leite é de Roberto Carlos. "Todas que ele canta, na verdade", confessa ela para depois escolher uma:
Nossa Senhora.
Aliás, a vereadora já teve a oportunidade de cantar essa música junto com o rei em um de seus shows.

Abaixo o vídeo com Nossa Senhora, no Maracanã em Espetáculo Especial 50 Anos de Música

Edegar Franco e o ônibus
O vereador Edegar Franco, do PT , quer saber qual embasamento para aumentar a tarifa do transporte coletivo urbano de Bagé. Por este motivo está pedindo informações dos dois últimos reajustes, quer conhecer planilhas e entender os cálculos do responsável técnico. 
Três gaúchos da base
contra o Mínimo baixo
Enio Bacci e Vieira da Cunha, do PDT, e Sérgio Moraes, do PTB, foram os deputados gaúchos alinhados com o Governo de Dilma Rousseff que votaram contra o aumento do salário minimo para R$ 545. Eles queriam mais. Os outros dois foram do DEM e PSDB, Onix Lorenzoni e Nélson Marcheza Jr.
Enio Bacci chegou a dizer que não estava preocupado com a retaliação à participação do PDT no Governo Dilma, e ainda reafirmou: Prefiro a consciência tranquila de que votei a favor do trabalhador e do aposentado. 
Por falar em Bacci, o deputado é autor de um Projeto de Lei que bate direto em Sérgio Moraes, de Santa Cruz e da indústria fumageira. Ele está querendo proibir a venda de cigarros em estabelecimentos que não seja tabacaria. Ou seja, em estabelecimento exclusivo para o comércio do fumo.
Tarso e o PMDB
Na próxima terça-feira, dia 22, o governador Tarso Genro vai ter uma conversa séria com o PMDB. Será no Palácio Piratini.
O Partido do Movimento Democrático Brasileiro do RS está dividido, alguns querem ir e outros não. É óbvio que Tarso vai tirar uma "casquinha" do tipo: Estamos tão unidos no Governo Federal, vejam vocês, o PMDB foi mais fiel que o próprio PT na votação do salário mínimo. Ora, vamos consumar aqui o que nossos companheiros já consumaram em Brasília. 
Ou apenas tirará uma "febre". 

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

O jurista Hélio Bicudo, fundador do PT, conta que, no início do governo Lula, quando foi lançado o Bolsa-Família, indagou do então todo-poderoso chefe da Casa Civil, José Dirceu, os objetivos do programa. Obteve uma resposta direta: "Serão 12 milhões de bolsas que poderão se converter em votos em quantidade três ou quatro vezes maior. Isso nos garantirá a reeleição de Lula".
O Estado de S. Paulo - editorial 17 de fevereiro de 2011

CONTA-GOTAS
No final da manhã de hoje e início da tarde, dia 17, os vereadores de Bagé se reuniram para tentar formar e ajustar as comissões permanentes do Legislativo.
Não conseguiram.


A Faculdade de Medicina de Bagé. Campanha que teve até comissão formada na Câmara, voltou a ser comentada na manhã desta quinta-feira pelo vereador Divaldo Lara, PTB. Ele disse que o ano passado foi muito difícil para se dedicar ao tema porque era ano eleitoral. Mas, que o movimento não parou e deve ser algo para médio prazo, como foi o Centro de Oncologia, por exemplo.


O vereador Gustavo Morais, PMDB, demonstrou toda a sua preocupação com a Usina de Candiota e os níveis de poluição, comentou sobre a necessidade filtros eficientes e deu um exemplo da gravidade do problema: "O boi come o pasto com cinza e em um ano está com os dentes caindo, não é, vereador Edegar Franco?" Aí, o inquirido concordou com um aceno.


A Prefeitura está recuperando a pavimentação da rua Caetano Gonçalves, em frente a praça Doutor Albano, antiga Estação Rodoviária. O serviço, que é parte de um mutirão no centro,  deve ser concluído na próxima semana. 

O Daeb comemora que desde o dia 10 de fevereiro, quando o horário de racionamento aumentou em uma hora, a economia de água subiu de 4,5 milhões para 6,5 milhões de litros por dia. 

Antes do aumento do racionamento, a Estação de Tratamento de Água tratava e distribuía 31,5 milhões de litros diariamente. Após a mudança, este número se estabeleceu em 27 milhões, caindo para 25 milhões de litros quando o horário de racionamento aumentou para 13 horas.
Delegacia da Vulnerabilidade Social
A vereadora Adriana Lara, do PT, estava trabalhando com o objetivo de instituir em Bagé a Delegacia da Criança e do Adolescente e a Delegacia da Mulher. Esta segunda já é uma antiga reivindicação da comunidade. Pois em sua viagem recente a Porto Alegre, a vereadora descobriu que o melhor caminho é uma delegacia da Vulnerabilidade Social. Ou seja, englobando criança, adolescente, mulher e idoso.
A possibilidade de chegar ao objetivo é maior, porque reduz os custos de infraestrutura para o Estado. 
E o vice-prefeito não sabia
O Piso Municipal de Salário do servidor público de Bagé passará a R$ 308,.40. Segundo informou o vice-prefeito Carlos Fico, que está no lugar de Dudu Colombo enquanto tira férias, se a Câmara aprovar a proposta na próxima segunda-feira, dia 21, este valor poderá entrar na folha de pagamento de fevereiro. Mudar a data-base foi um dos argumentos para o Executivo convencer os sindicatos que 6% estaria bom para o momento. 
Aliás, Carlos Fico ao ser questionado sobre o valor do Piso disse que era mais de R$ 300. A pergunta era clara e se referia ao valor antes do reajuste.
Errado. O vice-prefeito não sabia o valor do piso municipal de salário de sua Prefeitura. R$ 290, 94. Eis o PMS em Bagé. 
Como diria Carlos Sá Azambuja, ex-prefeito: “Com um valor desses até eu pagava em dia.”
Vale lembrar que em sua gestão na Prefeitura, de 1997 a 2000, Azambuja enfrentou o atraso nos salários. 
Naquele tempo não havia a Lei de Responsabilidade Fiscal e o Piso era igual ao Mínimo Nacional.    
Filme O GURI - de Zeca Brito
O Rio Grande e o Brasil aguardam a grande estreia do longa realizado em Bagé e com muita gente boníssima desta terra.
Alguns detalhes de pós produção continuam atrasando o momento de ver o filme nos cinemas.
"Este ano vai!", disse Zeca. 
Veja o trailer. Espetáculo!
ESTÁ EM polibiobraga on line
Membros do governo estadual
que são réus em processo
de improbidade
- Mainardi está no topo
Nem de longe o atual presidente do Irga, Claudio Pereira, é a cabeça coroada mais importante do governo estadual que é réu em processo de improbidade administrativa.
Também está neste caso a ex-prefeita de Alvorada e atual secretária da Administração, Stela Farias, sem contar o ex-prefeito de Bagé e atual secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi. 

Mainardi responde a três ações de improbidade. No total, o secretário responde a 10 processos (CLIQUE AQUI para conhecer a extensa lista). 
E mais do que Stela, Mainardi e Pereira, é também réu em processo de improbidade administrativa o próprio governador Tarso Genro (1ª. vara da Fazenda Pública, ação número  0011105025600-5)
Apenas Claudio Pereira, do trio, resultou condenado em primeira instância. Ele foi punido por ocorrências na prefeitura de Santa Vitória do Palmar.
QUE o filho do ex-prefeito Luiz Alberto Vargas e da ex-vereadora Carmen Vargas, Maurício Lacerda Vargas, vai comandar o Programa de Ovinocultura do RS. O convite foi feito por Luiz Fernando Mainardi.
QUE a reunião do vice-prefeito Carlos Fico com o presidente da Câmara Silvio Machado foi para pressionar a tramitação do PMAT II, o programa de modernização da administração tributária. 
QUE o deputado federal Afonso Hamm, do PP, quer instituir no Congresso Nacional a Frente Parlamentar da Fruticultura.
QUE a Câmara de Vereadores de Bagé não vai votar a contratação dos servidores para o Esporte e Lazer da Cidade enquanto o dinheiro federal não tiver confirmação segura de que virá. 
QUE Mirabeau Borba dos Santos, o novo diretor da CEEE regional, está por entrar no PSB.
QUE a CGTEEE não conseguiu reverter a recomendação do Ministério Público Federal para que encerre a operação das três fases da usina.
QUE os banheiros do Posto de Saúde do PAM 1 e do Sá Monmany estão sujos demais, aliás, insuportáveis.
QUE a Prefeitura quer instituir o PGQP, o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

 Ato histórico para
assentados da região
Na manhã desta quarta-feira, 16, ocorreu em Candiota, às margens da BR 293, a entrega oficial de um conjunto de máquinas para patrulha mecanizada que servirá a cinco municípios: Candiota, Hulha Negra, Aceguá, Pedras Altas e Pinheiro Machado, que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja). 
O ato foi considerado histórico porque é a maior patrulha mecanizada já entregue no Rio Grande do Sul pelo Governo Federal, através do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), orgão do Ministério do Desenvolvimento Agrário.
O investimento é de R$ 9 milhões e tem por objetivo a implantação, recuperação e conservação de estradas e acessos internos nos assentamentos reconhecidos pelo Incra.
Serão atendidas 2.182 famílias de pequenos agricultores dos cinco muicípios, totalizando cerca de dez mil pessoas moradoras de 66 assentamentos.    
Fonte: Comunicação/Prefeitura de Candiota 
Lia Quintana visita 
Afonso Hamm em Brasília
Hamm, Lia Quintana e Jorge Framil.
Foto da jornalista Márcia Marinho
O deputado federal Afonso Hamm, do PP, recebeu em seu gabinete de Brasília, neta quarta-feira, 16, a reitora da Urcamp, Lia Quintana e o procurador geral da instituição, Jorge Framil. O encontro teve como objetivo reafirmar a parceria do parlamentar com a universidade.
Na pauta, foram tratados assuntos referentes aos cursos de graduação e pós-graduação que a universidade disponibiliza e também os projetos de pesquisa que a Urcamp realiza e que contribuem com o desenvolvimento da região.  Entre eles, o do laboratório de vinificação do curso de Agronomia, que já tem vinhos com uvas produzidas na região. Outro projeto apontado pela reitora foi o Pólo Cerâmico da Região da Campanha.
Hamm também destacou sobre a atuação no Congresso Nacional em diversas áreas e que contemplam a região, como o Projeto Faixa de Fronteira de sua autoria e também destacou o Carvão Mineral. O deputado é vice-presidente da Frente Parlamentar do Carvão. Afonso Hamm lembrou, ainda, que no Orçamento Geral da União de 2011 indicou uma emenda no valor de R$ 200 mil que será direcionada para aquisição de equipamentos ao Hospital Universitário, da Urcamp.
Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Afonso Hamm
Secretários do Prefeito
Os secretários que tomaram posse com o prefeito Dudu Colombo em janeiro de 2009.
Confira: 
* Elói José Thomas - Atividades Urbanas
* Janise Collares - Educação
* Edegar Franco - Desenvolvimento Rural
* Roséli Safons do Couto - Cultura
* Elisabeth Fagundes - Saúde
* Magda Flores - Desenvolvimento Econômico
* Cleusa Faria - Secretaria Geral de Governo
* Eduardo Mendes - Transportes e Circulação
* Antônio Nadal da Luz - Habitação
* Luis Sérgio Parodes - Administração
* Tirso Soares Delabary - Fazenda
* Luis Fernando Pimenta Meira - Procuradoria Geral do Município
* Vanílson Pudell - Coordenação e Planejamento
* Omar Ghani - Trabalho e Assistência Social
* Paulo Parera - Juventude, Esporte e Lazer
* Estefania Damboriarena - DAEB
Saíram: 
Damboriarena, Elisabeth Fagundes, Vanilson Pudell, Elói Thomas e Edegar Franco. 
Depois de Damboriarena assumiu Isabel Aydos, que também saiu.
Na lista falta a Secretaria do Idoso, que ainda não havia sido criada, a Chefia de Gabiete do Prefeito, então ocupada por Kiwal Parera, e as coordenadorias com status de secretaria. 
Prefeito em exercício
Carlos Fico preocupado 
com projetos parados na Câmara
Nesta manhã de quarta-feira, dia 16, o prefeito em exercício Carlos Fico visitou a Câmara de Vereadores e se reuniu com o presidente Silvio Machado. Eles trataram da tramitação de projetos do Executivo, alguns parados no Legislativo, como é o caso do PMAT II, o Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Recursos Humanos, enviado para a Câmara no final do ano passado. 
Silvio Machado disse que colocará o PMAT em pauta, mas deixou claro que a aprovação ou não depende do plenário. Ou seja, dos vereadores. 
Outra preocupação de Carlos Fico é com relação ao conjunto de projetos de abertura de crédito que somam quase um milhão de reais, o que não deve ser problema, bastando para isso que o presidente da Câmara convoque sessões extraordinárias. 
No encontro, o Piso Municipal de Salários também foi debatido, mas ainda não havia sido enviado para tramitar, o que ocorreu mais tarde. O Executivo vai conceder um reajuste de 6% para o funcionalismo, com data base já no mês de fevereiro. Isto significa que o projeto precisa ser aprovado até o dia 21, para que o dinheiro entre na folha de pagamento.
Fico ressaltou que os poderes Executivo e Legislativo precisam andar juntos.
Silvio reiterou que a Câmara não é problema, mas recebe críticas quando os projetos chegam com pedidos de urgência e não há tempo para estudá-los.  

O AVIÃO DOS 200 ANOS
CENÁRIO: Um avião de carreira. Corredor e poltronas de passageiros.
CENA: Todos sentados, observa-se a presença de alguns ex-prefeitos e o prefeito de Bagé, além de outras autoridades da cidade. Estão todos voando para o segundo churrasco dos 200 anos em Brasília, inclusive Maunardi, Guaunauco, Lakil, Garvas, Antoño Pirex, Camomilo Moreira e Dududadá. Vice-prefeito, secretários, coordenadores e adjuntos do atual prefeito, todos estão no avião. Tanto que em determinado momento, Dududadá levanta para perguntar: 
- E quem ficou tomando conta da Prefeitura?
Alguém grita:
- Ué? E precisa?
Dizem que era a voz de Maunardi, mas nada ficou provado.
De repente (não mais que de repente), a aeromoça aparece desesperada:
AEROMOÇA - Meu Deus, o comandante e o co-piloto desapareceram. Não tem ninguém na cabine de comando. 
PÂNICO GERAL. TUMULTO. GRITOS HISTÉRICOS. ALGUÉM BATIA COM A CABEÇA NA JANELA E GRITAVA EM DESESPERO:
- Foi aquela licitação! Foi aquela licitação! Eu sabia. Deus castiga. Deus castiga.
Como ninguém se acalmava. Guaunaco resolve interferir:
GUAUNAUCO - Calma, minha gente querida, minha gente mimosa! 
Todos pararam. Estupefatos. Já tinham ouvido aquelas coisas antes, não lembravam aonde. Alguns ao ouvir pensaram que já estavam mortos e a voz era do além. Não era. 
Dududadá aproveitou o silêncio geral para falar:
DUDUDADÁ - Atenção, todos e todas! 
Uma autoridade no fundo do avião questionou:
AUTORIDADE - Eu sou todos ou todas?
Dududadá queria saber se alguém pilotava. Ninguém lembrava disso. Garvas chegou a insinuar que no seu tempo era mais difícil governar, quer dizer, pilotar, mas que hoje em dia era só olhar "na internet". 
Antoño Pirex pediu para procurarem o comandante, que era filho de um antigo brigadeiro amigo seu e que, inclusive, ajudara na sua nomeação a prefeito.
Camomilo Moreira contou uma história antiga de sua terra, quando um avião explodiu no aeroporto de Bagué, jogaram uma maleta com documento e um pote de ouro, mas só a maleta foi encontrada... Foi silenciado.
O avião perdia altura. 
DUDUDADÁ - Bom dia a todos e todas, mas o avião está perdendo altura em profusão e...
PÂNICO GERAL. 
A secretária Magda Ervas colocou incenso em todo o avião, para purificar o ar, já que estava caindo... Paulinho Bananera, em desespero, repetiu que havia uma cambada de sem vergonha na Câmara. O secretário dos 200 Anos não entendia o que estava fazendo naquele avião e começou a ver tudo marroni. Aliás, Grosélia Sanfons também não sabia o que estava fazendo ali e nem na Prefeitura. 
Enfim, era um desespero total.
Foi então que Dududadá decidiu que iria para a cabine de comando pilotar o avião. Maunardi intercedeu.
MAUNARDI - Não. Tu, não. Aceito todos aqui dentro, menos tu. Com o meu apoio nunca mais tu vais comandar coisa alguma. Prefiro o Guaunauco. 
GUAUNAUCO - Mas que cosa linda! Maravilhosa! Eu vou, sim. O que eu não faço rindo por essa minha gente querida - aquilo que eles me pedem chorando.
DUDUDADÁ - Eu prefiro que o Garvinhas pilote o avião.
GARVINHAS - Eu vou. Claro que eu vou. E já to indo.
MAUNARDI - Garvas, a cabine é pro outro lado. 
Um grito é ouvido do fundo do avião.
MAGDA ERVAS - Gente, eu tenho um plano de desenvolvimento para a gente se salvar desse avião... eu sei, tenho experiência, trabalhei com o Olívio... 
DUDUDADÁ - Eu sabia que a solução viria com um dos meus ou das minhas.
MAGDA - Estão vendo como o avião está caindo rápido?
TODOS - Sim.
MAGDA - O plano de desenvolvimento é o seguinte, quando o avião tiver bem pertinho do chão a gente pula pela saída de emergência. Entenderam? Pertinho do chão, o impacto será minimo.
DUDUDADÁ - Olha que ideia maravilhosa!
TODOS OS OUTROS FICARAM EM SILÊNCIO. 
MAUNARDI - Eu não acredito que tu gostou dessa ideia de girico?
DUDUDADÁ - Não é boa? Se não é boa, inventa uma melhor. Mas, vamos para uma prévia, na prévia eu te ganho. Te ganho sempre. Quantos candidatos tu apoiar, eu ganho. Ganho, ganho, ganho e ganho!
E bate com o pé no chão, dá duas piruetas, cansa e pega no sono. Aí, o fotógrafo capta a imagem dele dormindo, entrega para a assessoria de comunicação, que envia a todos os contatos. 
Manchete no outro dia dos jornais: Dudu dorme tranqulo no avião. 
Então, finalmente, o ex-prefeito Lakil tem uma ideia.
LAKIL - Olha, é o seguinte, longe de mim ofender alguém aqui. Eu sei que são todos capazes e competentes, pessoas dinâmicas e inteligentes, mas eu sou um expert de aviação, aprendi tudo lendo jornais sobre a Segunda Guerra, era menino ainda, mas a paixão permanece dentro da gente... Então, eu aprendi a pilotar sem problemas...
VAN CASA&TELHA - Graças a Deus! Obrigado, senhor...
EXPLOSÃO. 
Fim.  

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Reunião do PT Amplo
Versão 1
Na segunda-feira à noite, a corrente interna do Partido dos Trabalhadores, denominada PT Amplo e Democrático, reuniu-se no salão localizado em frente ao prédio da antiga Cobagelã. Um grande número de integrantes participou e a ordem geral em pauta era a organização da corrente, porque, segundo alguns de seus líderes, o "Amplo" foi abandonado. Sem apontar culpados, a verdade é que com o maior nome na prefeitura, Luiz Fernando Mainardi, a turma relaxou um pouco. Um exemplo disso é a liberação do voto no segundo turno das prévias do partido, que deu a vitória a Dudu Colombo sobre Delvo Oliveira por 21 votos de diferença, e a inexpressiva participação no comando do partido em Bagé.
A necessidade de organização é visível. Uma das atitudes tomadas é criar metas de filiação. Hoje, o PT tem em torno de 4 mil filiados.
Nenhum dos participantes da reunião se referiu, oficialmente, ao governo ou à gestão de Dudu na Prefeitura. 
Este tema estava proibido. 


Versão 2
Na segunda-feira à noite, a corrente interna do Partido dos Trabalhadores, denominada PT Amplo e Democrático, reuniu-se no salão em frente à antiga Cobagelã, com um grande número de integrantes e simpatizantes, para amadurecer a ideia de encontrar um candidato forte dentro do partido para derrotar Luis Eduardo Colombo nas prévias e disputar a Prefeitura de Bagé em 2012. 
Após algumas discussões e tratativas, lembrando sempre a força de Dudu dentro do partido e que não é nada fácil vencê-lo, chegou Luiz Mainardi. Neste momento, alguns petistas já tinham ido embora. 
Ficou definido que é preciso arregaçar as mangas e filiar gente que possa garantir a vitória em favor do candidato da corrente. Mobilização total é a ordem recebida. 
O leitor pode escolher uma das duas versões. 
QUE a reunião do PT Amplo e Democrático, a corrente de Mainardi, Téia Pereira, Edegar Franco... estava bastante "concorrida", como diziam os mais antigos, mas era grande a "coceira" para o esporte predileto da turma: encontrar defeitos no governo Dudu.
QUE o médico Ivan Lima já bateu o martelo. Está no PT. A oficialização tem que ser com um grande cardeal do partido, de preferência o nome maior do RS. Tarso Genro? Não é quer nada o Ivan. 
QUE um cacique do PMDB gaúcho vai descer em Bagé e região nos próximos dias. A organização do partido está na pauta do momento.
QUE o PT Amplo já designou alguém para saber se Paulinho Parera e Kiwal continuam firme na corrente. O governo é outra coisa. Um não impede o outro, dizem.
QUE o vereador Gustavo Morais, do PMDB, não pensa outra coisa: ser prefeito de Bagé. 
QUE Silvio Machado e Cláudia Souza começaram a batalhar juntos para conseguir uma UTI Móvel para Bagé. Em alta no Congresso, Silvio vai recorrer ao todo poderoso Marco Maia. O problema é conseguir a verba e tudo emperrar na Prefeitura. 
QUE nas semanas em que permaneceu como vereador Jaburu teve problemas de saúde e que Esquerda, do PTB, que ficou no lugar de Divaldo, também. 
QUE uma parte grande do PDT quer Aroldo Barcelos na presidência. Nenê Fara tem que desocupar a moita, já faz tempo que é interventor. 

Porto Alegre aprova criação

do Instituto de Saúde

Com 26 votos favoráveis e 10 contrários, a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, na madrugada desta terça-feira, DIA 15, projeto de lei do Executivo que cria o Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf). Juntamente com o texto principal foram apreciadas e aprovadas 33 emendas apresentadas pelos vereadores.
A sessão ordinária, que começou às 14 horas de segunda-feira, foi encerrada aos 28 minutos desta terça-feira, já em sessão extraordinária. Grupos de manifestantes, contrários e favoráveis à proposta acompanharam todos os debates e a votação durante a tarde, noite e início da madrugada. 
Instituto
Conforme o texto do Executivo, o Imesf será uma fundação pública de direito privado que irá operar a rede integrada e articulada dos serviços de saúde, considerando ações que levem em conta o perfil epidemiológico da população e que se desenvolvam sob a forma de programas com metas de impacto definidas sobre a atenção básica, promoção, prevenção e proteção da saúde coletiva e individual.
Ainda pela proposta aprovada, o Imesf deverá desenvolver atividades de ensino e pesquisa científica e tecnológica na área da saúde. O instituto será vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e terá autonomias gerencial, patrimonial, orçamentária, englobando a contratação e gestão de convênios públicos. O projeto prevê ainda que os servidores contratados pelo Imesf, que integrarão as equipes multiprofissionais da Ação Estratégica à Saúde da Família, serão regidos pela CLT.

Servidores
Os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate a Endemias serão contratados por processo seletivo público com provas de conhecimento, e deverão dedicar tempo integral ao desenvolvimento da Ação Estratégica à Saúde da Família, cuja carga horária será de oito horas diárias e quarenta horas semanais.
Os cargos do Imesf 
Médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, dentistas, técnico em saúde bucal, atendente de gabinete odontológico, agente comunitário de saúde, agente de combate a endemias. 
Entre as carreiras de apoio constam administrador, assessor jurídico, contador, assistente administrativo, técnico em contabilidade e técnico em segurança do trabalho.
Informação Câmara de Porto Alegre
jornalistas: Fernando Cibelli de Castro (reg. prof. 6881)
Regina Andrade (reg. prof. 8423)
Ester Scotti (reg. prof. 13387) 
(editado por este blog)
Juliana Brizola assume
Educação na Assembleia
A deputada Juliana Brizola, do PDT, foi empossada no final da tarde desta terça-feira, dia 15, na presidência  da comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia, e Participação Legislativa Popular da Assembleia Legislativa. 
Em sua primeira manifestação da tribuna, Juliana Brizola reafirmou o compromisso herdado de seu avô, Leonel Brizola, com a educação pública de qualidade. "É quase um simbolismo presidir esta comissão", revelou da tribuna, prometendo atuar na busca de políticas públicas que melhorem e qualifiquem a educação no Rio Grande do Sul. Juliana pretende promover debates com a sociedade no sentido de qualificar e transformar a educação pública. 
O diretório do PDT de Bagé oficializou o apoio à candidatura de Juliana na eleição de outubro/2010.
Fonte: Francis Maia
Fotógrafo: Marcos Eifler / Ag. AL
Jurandir Maciel representante
de Bagé na Assembleia 
O deputado estadual suplente Jurandir Maciel, do PTB, assumiu a vaga deixada por Luis Augusto Lara, que se licenciou para ocupar a Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social. O deputado que iniciou hoje, dia 15, o mandato parlamentar prestou compromisso regimental perante os colegas, prometendo cumprir a Constituição Estadual e desempenhar o mandato com dedicação.
Jurandir no juramento sob o olhar de Lara e Carrion
Quem é ele
Jurandir Maciel nasceu em Canoas e tem 55 anos. Foi três vezes vereador do município. Foi também secretário municipal de Saúde em 1998 e em 2003. Em 2004, foi eleito vice-prefeito pelo PTB com Marcos Ronchetti, PSDB. Em 2008, concorreu à prefeitura da cidade. Perdeu a disputa no segundo turno para Jairo Jorge, do PT. Fez 29.564 votos para deputado estadual.
Bagé elegeu dois deputados estaduais, os dois são secretários do Governo Tarso. Portanto, os suplentes de Lara e Mainardi são os representantes da Rainha da Fronteira na Assembleia Legislativa do Estado.
Ah, quase esqueci. O suplente de Mainardi é Jeferson Fernandes.  
Fonte jornalista Vanessa Canciam |   Foto: Marcos Eifler / Ag AL 
Ivan Lima no PT
O médico, ex-vereador e presidente da Câmara de Vereadores, Ivan Paulo de Lima, deve ingressar no Partido dos Trabalhadores nos próximos dias. 
E com ele promete levar algumas dezenas de companheiros. 
Em 2008, Ivan tentou se reeleger, mas não conseguiu. Esteve na Câmara em três legislaturas: 1997-2000/2001-2004 e 2005-2008. 

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Uma demonstração original
daquilo que há de melhor 
na cultura popular brasileira.
Tão fácil de entender e amar
Omar Ghani quebra a corrente
com Dudu e se afasta da DS
Dudu e Omar, afastados há algum tempo
Omar Ghani foi eleito vereador com 2808 votos, o terceiro mais votado de 2808. Catou os despojos eleitorais de Dudu, que o levou para o Executivo. 
O prefeito e Omar, antes unha e carne, tem-se afastado nos últimos dois anos. E muito.
Sábado, Omar comunicou ao prefeito sua saída da Democracia Socialista, a corrente dos dois. Antes, já havia saído da coordenação. Um petista de carteirinha disse ao colunista que Dudu “sentiu o cutucu”. Ficou surpreso. Mas, cá entre nós, esse era um rompimento anunciado, fazia tempo. 
O redator ligou para Omar, que não quis comentar sua atitude, limitou-se a dizer que está independente. 
Nesta segunda, dia 14, à noite, ele foi convidado a participar da reunião “secreta do PT Amplo”, mas recusou o convite.   
Uma pergunta ao secretário estadual de Educação 
José Clóvis de Azevedo
Qual a situação do quadro de professores nas escolas?
Em principio nós temos professores para atender as cidades da rede, tivemos a renovação dos contratos emergenciais que já existiam, e ainda temos uma possibilidade de mais quatro mil contratos para necessidades novas. Poderemos ter problemas em algumas áreas onde há falta de profissionais habilitados, no caso de matemática, química, física, biologia e talvez geografia. 

Fonte: Portal do Estado/Foto Seduc/Divulgação
Banrisul lucra 741,2 milhões
O  lucro líquido do Banrisul, em 2010, foi de R$ 741,2 milhões, 37% acima do obtido em 2009. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (14), na sede do banco, em Porto Alegre.
Em 2010, o Banricompras, cartão de marca própria do Banrisul, com 96,3 mil pontos cadastrados, registrou uma movimentação financeira de R$ 4,8 bilhões, provenientes de 70,9 milhões de transações. Em comparação ao mesmo período do ano anterior, os valores foram superiores em 25% e 15,8%, respectivamente. 
Deputado quer mudança
no patrocínio do Banrisul
aos times da Segundona
Uma reunião entre o deputado estadual do PT, Alexandre Lindenmeyer, e o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, pode definir novos rumos na política de patrocínios ao esporte do banco gaúcho. O petista questionou os critérios adotados pela instituição nos últimos anos e sugeriu mudanças.
Ex-presidente do Sport Club Rio Grande, Lindenmeyer salientou a desvalorização dos clubes da Segundona Gaúcha e cobrou critérios mais justos para os próximos anos. “São clubes de massa, com muita história e que recebem apenas 34 mil reais para a disputa de sete meses de competição. É muito pouco em comparação ao valor destinado aos clubes que disputam a elite”, avalia.
Na opinião do deputado, um dos critérios que justificariam o patrocínio da instituição aos clubes seria a inclusão social. 
O presidente do Banrisul se mostrou sensível as reivindicações do deputado e prometeu considerar as sugestões. “Há muita coisa comprometida pelas gestões anteriores e que não podemos voltar atrás. Logo assumiremos o controle da instituição e uma das pautas prioritárias é a reformulação da nossa política de patrocínios”, diz.